Seja bem vindo ao site da Paróquia Cristo Rei de Ribeirão Preto/SP. Um espaço de evangelização feito para você! Nosso objetivo é informá-lo sobre nossas ações pastorais, agendas e atividades.
Pe. Luis Fernando Ribeiro




                            MISSAS NO FIM DE SEMANA:
AOS SABADOS ÁS 18H30
AOS DOMINGOS:
8 HORAS - 18 HORAS  E  19H30



                                MISSAS NA SEMANA


TERÇA-FEIRA

MISSA DAS FAMÍLIAS

COM A REZA DO SANTO TERÇO ÀS 19HORAS, EM SEGUIDA CELEBRAÇÃO DA SANTA MISSA COM A BENÇÃO DO SANTÍSSIMOS E CONSAGRAÇÃO.
QUARTA FEIRA
MISSA DE BENÇÃOS ,CURA E LIBERTAÇÃO
QUINTA-FEIRA
MISSA DOS ENFERMOS COM A REZA DO SANTO TERÇO ÀS 19 HORAS, EM SEGUIDA CELEBRAÇÃO DA SANTA MISSA COM A BENÇÃO DO SANTÍSSIMO E UNÇÃO DOS ENFERMOS PARA AQUELES QUE NECESSITAM.
SEXTA FEIRA
TERÇO E MISSA ÁS 19H30 EM LOUVOR A NOSSA SENHORA DA CABEÇA NA IGREJA DO CASTELO BRANCO(VELHO)


EM BREVE PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA EM NOSSA PARÓQUIA


============================================================================================


Aproveitemos esta Quaresma para uma peregrinação interior, uma oração mais profunda, uma escuta mais atenta e dócil da Palavra de Deus, um maior esforço de conversão do coração e uma vivência mais concreta da caridade; desta forma, faremos uma boa preparação para celebrar a Páscoa do Senhor.


FIM DE SEMANA
QUE TAL IRMOS A IGREJA, PARTICIPAR DA SANTA MISSA ,PARA AGRADECER A DEUS O DOM DA VIDA, E RECEBER DELE AS FORÇAS NECESSÁRIA PARA A NOSSA CAMINHADA.
UMA HORA DIANTE DE DEUS , SE REVERTE EM MUITAS HORAS DIANTE DA VIDA.
TODAS AS MISSAS SÃO UMA GRAÇA DE DEUS,NOS DÃO FORÇAS, MAS A DO DOMINGO E MAIS IMPORTANTE DO QUE TODAS , POIS NELA RATIFICAMOS AS GRAÇAS E OS PEDIDOS QUE FIZEMOS NA SEMANA..

O valor da Santa Missa!
A missa é a renovação do sacrifício de Cristo na Cruz.
É o mais importante ato que podemos participar.
A missa começa por um ato penitencial, um pedido de perdão pelos nossos pecados.
Louvamos a Deus pelo Glória e professamos nossa fé pelo Credo.
No ofertório apresentamos a Deus nossas ofertas que são o pão e o vinho. Elas, simbolizam, toda nossa vida; nossos trabalhos, nossas canseiras, nossos desejos.
A Consagração é o momento em que o presidente da assembléia repete as palavras de Jesus na última ceia.
Na Comunhão recebemos em nosso coração o Senhor Jesus.
São 4 os fins principais da Missa:
- Dar culto de adoração ao Pai;
- Agradecer os benefícios recebidos;
- Pedir-lhe perdão dos pecados cometidos;
- Implorar seus dons, graças e benefícios.
Na hora da morte, as missas a que tivermos assistido serão nossa maior consolação.
O mérito da Missa é infinito, pois infinitos são os méritos de Jesus. Ela nos perdoa nossos pecados veniais não confessados, dos quais nos arrependemos. Diminui o império de Satanás sobre nós e sufraga as almas do purgatório da melhor maneira possível.
Uma só Missa a que houvermos assistido na vida nos será mais salutar do que muitas a que outros assistirão por nós, depois da morte, diminuindo nosso purgatório.
"As graças que não se alcançam na Missa, dificilmente se obtém fora dela. Muito grande é o poder dos pedidos feitos na Missa". (S.Afonso)
Toda Missa nos alcança um maior grau de glória no céu, e nos atrai muitas graças e bençãos temporais. Preserva-nos de muitas desgraças e fortifica-nos contra as tentações.
A benção do sacerdote é ratificada nos céus por Nosso Senhor.
"Se conhecessemos o valor da Santa Missa que zelo não teríamos em participar dela". (S.Crua D'Ars)
"Mais se merece em participar de uma só Missa do que distribuir todas as riquezas aos pobres e peregrinar toda a Terra".(S.Bernardo)
A Missa é a fonte de todos os bens. É a melhor das ORAÇÕES, é a rainha, como a chama S.Francisco de Salles.
JESUS E A COMUNIDADE ESTÃO ESPERANDO POR VOCÊ NA MISSA DE DOMINGO.


Não esqueçamos que nós somos a igreja


   



Campanha da Fraternidade 2015 Tema:“Fraternidade: Igreja e Sociedade”
Lema: “Eu vim para servir” (cf. Mc 10,45)


É tempo de nos encontrarmos com Cristo

.
 Estamos nas vésperas da quaresma, e  durante a quaresma o cristão deve encontrar tempo para o silêncio, praticar o jejum não somente do pão, mas do bem estar e, assim, vencer o que o afasta de Deus. Para isso, é necessário olhar para si mesmo e “entrar no próprio coração”.
“Segundo  Santo Agostinho, entrar no próprio coração significa voltar-se para aquilo que há de mais íntimo e pessoal dentro de nós. E infelizmente, a interioridade é um valor em crise”,
O jejum mais significativo em nossos dias é a sobriedade, privar-se voluntariamente de pequenas ou grandes comodidades, daquilo que é inútil e muitas vezes danoso à saúde.


RUMO Á PASCOA

SALVE RAINHA....